Enterro difícil PDF Imprimir E-mail
Escrito por Magrela do Bicão   
Sex, 17 de Abril de 2009 21:34
O cara chega no serviço todo arranhado, mordido, com o terno rasgado, a gravata torta, cheio de hematomas no
rosto. Ao ver aquela figura grotesca, seu companheiro de escritorio lhe pergunta:

- O que foi que aconteceu, cara, sofreu algum acidente?

- Não rapaz, acabei de enterrar minha sogra!

- Mas, e quanto a esses ferimentos?

- É que a velha não queira entrar no caixão de jeito nenhum!!!