Mãe e sogra de John Terry detidas por roubo PDF Imprimir E-mail
Escrito por Eduardo Genro   
Sex, 24 de Abril de 2009 19:01

O capitão da selecção inglesa de futebol, John Terry ficou de queixo caído ao saber nos problemas em que a sua mãe Sue Terry, de 50 anos, e a sogra Sue Poole, de 54, estão metidas. Enquanto estava a preparar o jogo amigável com a Eslováquia, John ficou a saber que, ontem, 26, a mãe e a sogra tinham sido detidas sob a acusação de roubo.


As senhoras são acusadas de ter roubado roupas e comida, da Marks & Spencer e do supermercado Tesco, no valor de 858 euros. As duas terão sido apanhadas em flagrante quando colocavam no carro os bens roubados. Perante a Polícia, que foi chamada ao local, as mulheres assumiram a culpa do acto treslocado e foram levadas para a esquadra. Segundo consta, entre os artigo roubados, estavam vários fatos.

A situação é realmente embaraçosa para o avançado, uma vez que, tanto o Tesco como a Marks & Spencer, são patrocinadores da Selecção de Inglaterra. O Tesco é o supermercado oficial da equipa e os fatos de treino dos jogadores são fornecidos pela Marks & Spencer. Para além disso, o Vice-Presidente da candidatura de Inglaterra ao Mundial de 2018, Sir Terry Leahy, é também o administrador do supermercado em questão.

John Terry recebe cerca de 145 mil euros por semana, não contando com o prémios de jogo nem com as receitas publicitárias. Boa parte da vida de celebridade que estas senhoras levam é suportada pelo jogador. Nomeadamente. Terry ofereceu-lhes uma casa a cada uma, ao lado uma da outra e perto da moradia onde o jogador vive com a mulher e os filhos gémeos, na Oxshott Street, em Surrey.

O advogado de John Terry já veio dizer que as Sue Terry e Sue Poole estão inocentes e que tudo não passa de um "infeliz mal-entendido".

 

Fonte: (http://glamaset.uol.com.br/galerias/detalhe.php?id=30752)