Sogra fumante PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fotocópia VP   
Ter, 05 de Maio de 2009 22:07

Dona Maria, já com seus 70 e muitos anos, possuía um genro generoso, que todos os dias ia a um bar, a uns 4 quilômetros, aproximadamente, buscar um masso de cigarro. Um dia, a velha veio a falecer. O genro generoso, para despedida, colocou no caixão uns 20 pacotes do citado cigarro. Quando chegou um amigo e o alertou, perguntando:

_ Você realmente gostava mesmo de sua sogra? E ele respodeu que a adorava. O amigo lhe perguntou:

_ Já que você disse que gosta dela, eu acredito, vendo que você até mandou cigarros. E por que não manda também umas caixas de fósforo? E o genro respondeu:

_ Liga não, amigo, porque para onde ela vai existe muito fogo.