Lápide da Sogra PDF Imprimir E-mail
Escrito por Eduardo Genro   
Qui, 06 de Agosto de 2009 21:54


Todos elogiaram a bondade e o respeito daquele genro que gastou uma nota preta para fazer uma rica lápide de mármore, para a sepultura da sogra.

Os elogios cessaram, no entanto, tão logo se conheceram os dizeres que ele mandou gravar:

 

- "Aqui jaz e jaz bem. Descansa ela e eu também! ".